Blog


Professor de Yoga

A verdade sobre a intuição

Autoconhecimento e Espiritualidade | 20 abr 2021 | Lucas De Nardi


A verdade sobre a intuição

Swadhyaya é um conceito importante no Yoga. Ele possui duas interpretações, uma delas se refere ao estudo de escrituras sagradas. 

Na outra, que serve mais para nossa aplicação cotidiana, diz respeito à auto-observação que o Yogin deve aplicar constantemente para seu desenvolvimento. 👀👀👀

É uma ferramenta que dá continuidade à meditação feita durante as práticas.

Ao praticar a auto-observação é possível perceber que certas atividades lhe trazem para o momento presente sem nenhum esforço. 🕊🕊🕊

É como se a sua mente gravitasse em direção a essas funções colocando-o diretamente em contato com o que está sendo feito.

Isso se aproxima muito da meditação, que em seus estágio mais profundos passa a ocorrer naturalmente, sem o dispêndio da enorme energia aplicada quando se inicia essa prática.

Para o Hinduismo, isso ocorre porque tais ações estão sendo conduzidas por nossa voz intuitiva, a voz que fala através do coração. 💜💜💜

Nessa cultura, o Guru mais sábio de todos é aquele que habita no Hrd chakra, ou seja, o coração espiritual, que para o hindu está no centro do peito, na altura do coração físico.

Cada ser humano, portanto, traz em si a sabedoria necessária para conduzir a vida da melhor forma, mas para isso é preciso aprender a escutá-la.

Quando se consegue acomodar a mente na situação em que se vive, seja ela qual for, a voz intuitiva passa a conduzir as ações.

Assim, as mais profundas verdades e vocações são colocadas em prática pelo indivíduo. É dessa forma que nos aproximamos de nosso Dharma. 🙏🙏🙏

O papel do Yoga é aumentar esse aquietamento mental para que percepções mais sutis e verdadeiras de nós mesmos e das ações a serem realizadas venham à tona.

Então, reflita sobre sua relação com o Yoga. Não apenas com a prática em si, mas com a escola filosófica do Yoga como um todo. 💭💭💭

Se você se sente muito entusiasmado e, principalmente, absorvido ao estudar ou conversar sobre Yoga, isso é um sinal de que sua verdade interna se alinha quando toca esse assunto.

É possível que o seu Dharma pessoal tenha relação com o Yoga, seja colocando-o cada vez mais em sua rotina ou transmitindo sua experiência aos outros.

Ensinar Yoga não quer dizer que se viva apenas focado nisso, mas trata-se de uma visão de mundo que passa por compartilhar sua sabedoria para que alunos e amigos também experimentem as transformações que essa prática produz. 👌👌👌

E estar alinhado com um propósito que, às vezes, vai além da compreensão mental, pois vem a partir de uma intuição verdadeira.

O sexto episódio da série Professor de Yoga – Bases do Ensino aborda esse chamado interno para quem amam o Yoga com toda sinceridade.

Para assistir ao episódio, clique aqui.

Se você já está alinhado com o propósito de ensinar Yoga, clique aqui e faça uma degustação do nosso curso de Formação de Professores de Yoga 100% Online.

Namaskara. 🙏🙏🙏


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *